Phone: E-mail: contato@myriamdurante.com.br
Português - Brasil Inglês Espanhol
Press

30 June 2014

Dor no corpo? Veja qual a melhor posição para dormir

Em 27/06/2014, o Kenko Patto, publicou a matéria "Dor no corpo? Veja qual a melhor posição para dormir em cada caso.", referindo-se ao resultado da pesquisa do IPOM - Instituto de Pesquisa e Orientação da Mente

 

Dor no corpo? Veja qual a melhor posição para dormir em cada caso.

UM ESTUDO DO INSTITUTO DE PESQUISA E ORIENTAÇÃO DA MENTE (IPOM) REVELOU QUE 69% DOS BRASILEIROS DORMEM MAL. E MUITAS VEZES, O QUE ATRAPALHA O SONO SÃO DORES PREEXISTENTES SOMADAS À POSIÇÃO ERRADA NO COLCHÃO.

 

 

SE VOCÊ TEM… AZIA E REFLUXO

Deite-se sobre o lado esquerdo.

“Assim, os órgãos internos exercem menos pressão sobre o esfíncter inferior do esôfago”, explica o especialista em sono Priyanka Yadav, do Life Center, em Nova Jersey, nos EUA. O esfíncter é a escotilha responsável por evitar que a acidez do estômago volte para a garganta. Se estiver pressionado, não se fecha direito – e lá vem azia. Os braços devem ficar à frente do corpo, com os joelhos um pouco dobrados. Manter a cabeça mais alta que os pés também é importante. Mas não se iluda aumentando a altura do travesseiro. “O tronco também precisa ficar em desnível. Uma dica é calçar os pés da cabeceira da cama para que fique mais elevada”, explica o gastro Mário Kondo, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

SE VOCÊ TEM… DORES NAS COSTAS

Deite-se de lado, com os joelhos flexionados e um travesseiro bem firme entre eles.

“Dessa forma, a musculatura é alongada e os espaços naturais existentes entre uma vértebra e outra são ampliados, aliviando a compressão sobre os nervos que passam na região e que provocam a sensação dolorosa”, explica o neurocirurgião Paulo Porto Melo, que é colaborador do Departamento de Neurocirurgia da Universidade de Saint Louis, nos EUA. Além disso, a coluna fica toda alinhada, evitando algum desequilíbrio. Os braços devem ficar relaxados à frente. Talvez tenha dificuldade em dormir assim da primeira vez, mas vale insistir.

SE VOCÊ TEM… CONGESTÃO NASAL

Deite-se de lado.

Sempre que estiver congestionada, por causa de alergia, sinusite ou resfriado, evite posicionar-se de costas, com a barriga para cima, porque você acabará ficando com a boca aberta e, pior, roncará que nem um caminhão. Sem contar que a cavidade bucal fica seca, provocando tosse. Deite-se de lado com um travesseiro extra para que a cabeça fique mais alta e deixe a gravidade fazer seu trabalho, puxando o muco para baixo, fora do nariz. Os braços vão necessitar de um suporte extra, o que é resolvido abraçando um travesseiro.

SE VOCÊ TEM… DOR NOS OMBROS

Deite-se de lado, na pose do “abraço”.

Não aconchegue o braço de baixo sob a cabeça quando estiver deitada de lado – isso espreme a rede de nervos entre ombro, braço e mão. “É como dormir com um peso de 10 kg sobre o ombro”, diz Robert S. Rosenberg, diretor médico do Centro de Distúrbios do Sono de Prescott Valley, no Arizona, nos EUA. “Se for dormir de lado, não apoie-se no ombro dolorido. Abrace um travesseiro macio para lhe dar suporte”, orienta o neurocirurgião Adriano Scaff, do Centro Especializado em Coluna e Dor, de Ribeirão Preto, no interior paulista. “Deitar-se de costas também é adequado.”

SE VOCÊ TEM… TPM E CÓLICA

Fique de barriga para cima, o mais esticada possível, mas com a parte traseira dos joelhos apoiada em uma almofada.

Os braços devem permanecer apoiados ao lado do corpo. Nada de enrolar-se feito uma bola na cama. Deitar-se de lado deixa um dos seios – já doloridos pela fase – sem apoio, aumentando o incômodo. E de barriga para baixo pressiona o útero, causando irritação e mais cólica ainda.

SE VOCÊ… RANGE OS DENTES

Deite-se de costas, rosto virado para cima.

O ranger noturno, ou bruxismo, afeta 8% dos adultos e pode ser uma condição genética ou resultado do estresse e da ansiedade. Dormir de costas evita que ocorra mais pressão nos ossos da face. “Também dá para deitar de lado, o que ajuda a reduzir o risco de apneia obstrutiva do sono”, diz o ortodontista Jorge Faber, de Brasília. “Mas é preciso encontrar uma posição que não pressione a mandíbula.”

SE VOCÊ TEM… QUADRIS DOLORIDOS

Deite-se de costas.

Cerca de 15% das mulheres sofrem com bursite, uma inflamação articular nessa área. “Dormir sobre o lado machucado do quadril é o pior que se pode fazer”, diz Yadav. Mesmo quando se deita do lado oposto, o quadril pode ficar desalinhado, o que aumentará a dor. Por isso, a saída é repousar de costas, com a barriga para cima. Isso dá aos quadris uma folga do estresse que passa durante o dia, com o corpo em pé ou sentado. Uma almofada triangular sob os joelhos pode dar um suporte extra.

SE VOCÊ TEM… TORCICOLO

Deite-se de costas.

Esqueça os travesseiros do tipo montanha ou panqueca, altos ou baixo demais. A peça deve ter a altura do ombro. Assim, ao acomodar-se de lado, a coluna ficará totalmente alinhada. E, mesmo que esteja deitado de barriga para cima, ela continuará na linha. Com isso, os músculos ficam relaxados. Tenha em mente que o prazo de validade do acessório também vence. Isso varia em função do quanto a pessoa transpira. Mas ele deve ser trocado, no máximo, a cada dois anos.

SE VOCÊ TEM… DORES NOS JOELHOS

Deite-se de costas.

Mas, para que esse reposicionamento seja mais bem adaptado, identifique a causa da dor. “Se for inflamatória, coloque um travesseiro em forma de triângulo sob a parte traseira dos joelhos”, recomenda a fisioterapeuta Cristiane Guimarães, do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, em São Paulo. Essa tática também é indicada para contraturas musculares. “No caso de dor vascular associada a edema nas pernas, o melhor é um apoio sob o calcanhar”, diz o ortopedista Luiz Alberto Nakao Iha, da Clínica Healthme, em São Paulo.

Confira a matéria:http://kenkopatto.com.br/blog/dor-no-corpo-veja-qual-a-melhor-posicao-para-dormir-em-cada-caso/#.U7Gv5fldWrj